terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Kit anti- homofobia...Um passo em falso?

Depois dos últimos acontecimentos de caso de homofobia no país, o MEC colocou em prática um novo projeto que propõe levar as 6 Mil escola da rede pública um Kit de panfletos, cartazes, vídeos e outros materiais de apoio.
O primeiro vídeo do Kit foi apresentado ontem e é intitulado de "encontrando Bianca."Nele, José Ricardo de 15 anos conta como foi sua infância e adolescência optando por ser travesti, na escola e em casa.
O vídeo que foi lançado hoje já provocou a ira de alguns conservadores, deputados e pessoas da sociedade, que declararam que o Kit induzi os jovens a homossexualidade.


Nessa mesma linha de raciocínio explico o título do post.
Infelizmente esse Kit apresentado pelo MEC, é uma ação tardia e desesperada de frear os ataques homofóbicos, tanto físicos quanto verbais.
video
O vídeo foi muito bem criado, mas ele serviria para tentar frear o preconceito que existe na própria população gay entre a diversidade que existe no meio LGBT.O preconceito gratuito e sem explicação vindo da sociedade é inaceitável, mas o mais inaceitável é o preconceito que vem do próprio grupo que, prefere virar as costas para as travestis, e as mesmas preferem passar medo aos demais.Os mais velhos ( chamados de maricona )são jogados á escanteio e muitas drags não recebem nem aplausos pelo esforço em palco.Realmente esse vídeo e todo o resto do material deve ser usado, mas usado na boates e bares gays espalhados pelo Brasil.
Agora voltando as escolas públicas, é importante que se planeje sim com mais tempo e com melhor abordagem o assunto homossexualidade.Não se deve impor respeito, mas sim mostrar que a diversidade existe e que temos meios humanos de respeitar uns aos outros.
O MEC está de parabéns pela iniciativa, mas essa ação precisa ser bem mais estudada e implantada na hora certa, sem desespero ou falta de planejamento.
A educação nas escolas não deve começar com depoimentos igual o de Bianca, mas antes disso, mostrar o que é homossexualidade, cultura, personalidades, histórias, para daí então partir para uma abordagem mais forte como o preconceito, os depoimentos, imagens e etc.
Esperamos enfim, que o governos não tenha dado um tiro no pé e vamos sempre ser positivos.


EDUCAR SIM, MAS EDUCAR CERTO!

5 comentários:

  1. O governo federal, muito antes do kit contra a homofobia, já havia tomado uma série de medidas contra a discriminação à lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros. Tanto é verdade que, recentemente, o presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), Toni Reis, em encontro promovido pelo Palácio do Planalto com movimentos sociais, disse que o "Lula é muito gente boa. Tem até barba branca, é o Papau Noel dos gays", elogiando as várias iniciativas que o governo federal tem tomado em favor das lésbicas, dos gays, dos bissexuais e dos transgêneros (LGBT).
    Recentemente, também, o governo federal anunciou que casais homossexuais, em união estável, podem declarar o Imposto de Renda conjuntamente. Também o governo federal anunciou a criação de um conselho nacional voltado para o movimento LGBT, com a função de combater e promover os seus direitos. Mais uma iniciativa do governo federal: a portaria 513 do Ministério da Previdência, publicado no Diário Oficial da União (DO), determinou que os benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), como pensão por morte, devem incluir parceiros do mesmo sexo em união estável. Durante o governo Lula, tivemos a Primeira Conferência Nacional Para os de Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros (GLBT, sigla usada na época), com a presença do presidente. O programa Brasil Sem Homofobia, foi criado no governo Lula. Ainda precisamos avançar sim, mas é inegável que o governo federal, pela primeira vez, durante a Era Lula, agiu contra a homofobia. Lembre-se do governo anterior, do Fernando Henrique Cardoso, que nada fez pelos LGBT. Lebre-se também da propaganda moralista que derrotou José Serra, quando ele se aliou a gente do naipe do pastor Silas Malafaia. A medida tomada pelo governo federal merece aplausos! Não faça parte do coro dos descontentes. O vídeo que você postou é do canal do deputado ultraconservador Jair Bolsonaro, postado no YouTube. Ele está editado! Informe isso aos seus leitores, para esclarece-los melhor sobre essa campanha absurda contra uma medida louvável do governo federal!

    ResponderExcluir
  2. ESPERO QUE ESSE KIT NÃO CHEGUE AS NOSSAS CRIANÇAS DE 7 A 10 ANOS DE IDADE, POIS PELA SINOPSE DO VIDEO É INDUZIR NOSSAS CRIANÇAS A HOMOSEXUALIDADE.

    ResponderExcluir
  3. ANÔNIMO NÃO MERECE CRÉDITO. É COVARDE E HOMOFÓBICO! E AINDA POR CIMA NÃO SABE LER? O KIT É PARA O ENSINO MÉDIO E NÃO FUNDAMENTAL!

    ResponderExcluir
  4. Transfobia não é precisamente homofobia.Essa campanha infelizmente está mal-elaborada e a própria abordagem do tema também é péssima.

    ResponderExcluir
  5. CONCORDO COM O COLEGA ANONIMO, CONCERTEZA ESSA BALELA QUE O KIT É DESTINADO PARA O ENSINO MEDIO, NÃO VAI DEMORAR MUITO PARA NOSSAS CRIANÇAS TEREM ACESSO A ESSA VERGONHA! NÃO VEM COM ESSA CONVERSA QUE SOU HOMOFOBICO, SÓ NÃO VOU CONCORDAR COM ESSA VERGONHA!

    ResponderExcluir

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *